sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Fazer Missões - Guirecema



Exemplo de vida de um cego, por nome Bartimeu; este que ficava a mendigar pela cidade de Jericó, talvez seu maior bem era uma capa e uma bengala; esta que servia para orienta-lo no caminho que trilhava, servia como apoio.
Como toda cidade, e não poderia ser diferente naquela época, (Mc. 10:46) havia um lugar aonde os mendigos se concentravam, talvez compartilhavam alguma coisa ou não; e, naqueles dias, um homem por nome Jesus de Nazaré estava ministrando cura, milagres através de sua vida estavam sendo realizados, palavras de consolo, auto-estima estava sendo liberado naqueles dias.
E, com certeza os mendigos ao seu reunirem numa noite fria comentavam entre si e, Bartimeu, não sabemos se estava nesta rodar a participar deste diálogo ou quem sabe com ouvidos aguçados distantes a ouvir.

Mas chegou o dia em houve um encontro na vida de Bartimeu marcante para este homem.

Assim como Bartimeu teve a oportunidade de obter um encontro com Jesus,devemos viabilizar a Palavra da Verdade a toda humanidade e, uma destas maneiras é fazendo MISSÃO.


Seja também mais! Se não pode ir, invista....

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Deus não esqueceu de mim

E, tenho certeza, que o Espírito Santo vai ministrar em seu coração.
Diga: - Por que te abate minh’alma? Deus não se esqueceu de mim.
Contudo, muitos, talvez uma, alguns estão céticos, desesperançosos de que, de fato Deus faça alguma coisa, de que fato haja “graça” em seu lar; já tentaram de tudo, mas o gozo, harmonia, salvação, uma história de sucesso, uma restauração ministerial, tudo isto parece muito longe de tornar-se realidade e, claro, promessas feitas parece fugir de nós.
Assim como esta escrita em lamentações de Jeremias 3.17-18: “... esqueci-me que é prosperidade. Por isso digo: Meu resplendor já se foi, bem como tudo que eu esperava do Senhor.”
E, vamos mergulhar nas palavras do Senhor, a fim de entendermos um pouco mais desta palavra.
Decisões que fazem me sentir longe da promessa
Pedro, homem que compartilhou intensamente do ministério de Jesus, acompanhou de perto a multiplicações de pães, milagres sobrenaturais, momento impar ao ser revelado a identidade de Jesus. Mas, resumindo, retornou para sua vida anterior: pescador! Não que isto era humilhante, desprezível. Não!
Mas este não era o propósito de Deus para ele, naquela geração, naquele tempo; podê-lo-ia ter entendido: meu resplendor, minha paixão se foi! Minha atitude é imperdoável, meu erro não tem mais retorno, agora, Deus me rejeitará!
Este é um sentimento que atribuímos ao nosso espírito que por atitudes, por decisões tomamos, nos afastamos da presença de Deus, até de nossa família, nos excluímos de amigos, da igreja, retornamos á caminhos antigos, sem “aquele paixão, a luz, o brilho nos olhos”.

Seja abençoado,

Claudio Pereira - Membro da Comunidade Evangélica de Mesquita - RJ

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Atitudes que Me Levam a Viver um Milagre


Todos ou grande parte das pessoas que nos rodeiam esperam por um milagre, milagre este que venha surpreende impactar... E claro mudar o curso de vidas.
Contudo, seja este milagre para alguns: cura, libertação de um ente, amigo; no relacionamento conjugal e entre pais e filhos e vice-versa, profissional, financeira, emocional, enfim concluo que alguns de nós ou todos caminham em busca de um milagre.

O povo hebreu viveu durante alguns anos no Egito em total liberdade, constituíam famílias, e cada dia crescendo e fortalecendo. Até que um dia de livres tornaram-se cativos!
Mas um dia, Deus Pai atentou para o povo que criara, começou estabelecer sua vontade, de que o povo que formara para adorar estivesse, fosse de fato para a Terra que estabelecerá a muito tempo com Abraão.
De fato, no Egito o povo aprendeu muitas coisas boas, ou seja, neste mundo nós aprendemos muitas coisas boas, constituíamos famílias, crescemos quem sabe profissionalmente, mas chega uma hora e chegará esta hora que Deus quer que sejamos livres, para honrá-lo...
E reconhecer a dependência dEle, que muito embora, “os temperos, arquiquetura” do Egito seja de bom sabor, sua habitação seja aconchegante, tenho que focar para habitação de Deus, pois Ele é nossa morada, nEle encontramos habitação para sempre.
Percebo então, que em momentos de nossa vida, ou quem sabe, no auge ou em momentos de consolidar nossa fé, Deus faz um milagre, somos impulsionados a “sair”, então, Ele - Deus abre um mar, destrói inimigo; mas somos levados ao um deserto, á um lugar de diferenças climáticas, de escassez (água, alimento) para ver onde estamos posto os nossos olhos (foco).
Estar no deserto é uma resistência para o corpo físico (horas de calor, frio), para a mente; o povo hebreu começa a se educar, hora de alimentar-se, de parar, de arrumar suas tendas, de adorar, de marchar!
Penso: será que esta simples regra também tinha se perdido no Egito?
Será que esta simples regra perdeu-se hoje em sua vida?
Sim, hora de você parar, alimentar-se, de estabelecer, fincar bases em sua casa, de parar e, ver a provisão vindo do Céu ( e não por suficiência de seu trabalho) e, ir de encontro à ordem de Deus: ao ministério, ao foco de Deus, a viver o que Deus sonhou para ti (sua Terra prometida)...

“O diabo faz nos distrair com lembranças fúteis do Egito para não vermos a provisão de Deus e seu favor.”


Claudio Pereira - Membro da Comunidade Evangélica em Mesquita

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Milagre

Queridos (as),

Deus é fiel e, continua ministrando milagres neste tempo.
Hoje,minha fi8lha Gabrielle completa 2 anos, mais pelo 4 anos atrás;minha esposa, estava iniciando um tratamento de fertilidade. Foi um tempo desgatante na area emocional, familiar.
Até entender o que Deus estava querendo nos revelar com tudo isto; na verdade, ouvir a voz de Deus, sofremos!
Mas, quando nos colocamos diante da vontade de Deus e, eu, junto com minha esposa, começamos a orar e, orientei a ela, deixar o tratamento e, se fosse a vontade de Deus sermos pais, Ele - Deus iria manifestar o milagre.
Até que, na festa de Celebração em nossa Igreja por mais um ano, a pastora Ludmila Ferber, ministrando,liberou uma palavra de cura, que Deus naquele dia estava curando uma mulher, cujo problema era fertilidade e, naquele instante, minha esposa colocou a mão sobre si, de acordo com palavra que estava sendo liberada e, 40 dias depois, ela foi ao médico e, recebeu a noticia que estava GRAVIDA.
Deus é fiel.... e, amado (a) assim como experimentamos o favor de Deus, quero declarar sobre sua vida também o favor de DEUS sobre ti.
Entregue, lance suas ansiedades a Deus e, descanse nEle, pois Ele agirá.
Por isto, louvo a Deus por este dois anos, de milagre.
Grabrielle milagre vivo de DEUS para nós.

Eu, minha casa servimos ao Senhor.